Texto: Ana Beatriz Ghizzi | Fotos: Rodrigo Tomazela

O programa do projeto exigia que no mesmo local estivessem integrados o home office, o estúdio e um espaço para leitura. As arquitetas Renata Tomazela (CAU A118330-3) e Beatriz Ghizzi (CAU A62569-8), do escritório ARCh 0.7 Arquitetas, optaram pela referência da decoração industrial, movimento que surgiu nos Estados Unidos entre as décadas de 60 e 70 e voltou a ser prestigiado pelos arquitetos recentemente.

E o estilo adequou-se perfeitamente à arquitetura rústica da residência. A parede de tijolos aparentes anteriormente existente adquiriu destaque especial com as guitarras customizadas em exposição. E a sala de 12m², que por anos ficou sem uso, ganhou vida e funcionalidade.

Trouxemos ainda outros itens típicos da referência industrial para o ambiente, como peças rústicas de madeira de demolição, outras de ferro oxidado, o concreto aparente na parede e as tubulações hidráulicas recicladas na estante. Para quebrar a sobriedade dos materiais escolhidos e descontrair o espaço, foram adicionados o sofá e a poltrona Acapulco em tons coloridos. O resultado final do projeto é um ambiente agradável, original e confortável.

Fornecedores