Bruno Rubiano – Studio AU-P17

Fotos: Rui Antunes

Um projeto contemporâneo, onde a residência flutua sobre o lote, suspensa em toda a extremidade, fixa por doze pontos de apoio elevada a 1,20 m do piso, sendo o próprio lote, que recebeu brita, como acabamento. Na topografia, com inclinação, foi feito um corte proposital, para encaixe da casa, toda em metálica, chapa corten e madeira de demolição. Na parte frontal, três painéis em corten, automatizados, se deslocam conforme a posição do sol, com a função de proteger a cozinha e não mantê-la exposta. Piscina com borda infinita, voltada para a circulação íntima, transmitindo o conforto de uma cascata, pois as portas das suítes são todas em correr, utilizando o corredor de acesso para ampliá-las. Fechamentos externos em madeira de demolição, preparadas e cortadas em ripas de 20 cm x 20 cm, angico preto, ipê e peroba rosa. Materias utilizados: estrutura metálica, concreto armado, cimento polido, madeira e vidro, todos expostos com efeito natural.

— www.facebook.com/arquitetobrunorubiano

CA Arquitetos

Fotos: Rui Antunes

No projeto desta residência, procuramos valorizar a extensa fachada, visto que se trata de uma casa térrea, desejo dos proprietários em busca de praticidade. Utilizamos uma linguagem contemporânea, porém com elementos e materiais que refletissem elegância e atemporalidade. A sala de estar integra-se com a área de lazer e faz a divisão entre os setores íntimo e de serviços da casa, tornando-se o coração dela. Muita luz natural e materiais de fácil manutenção dão o clima confortável e prático que os proprietários ansiavam.

— www.facebook.com/caarquitetos

Cristiano & Luciana Ribeiro

Fotos: Elson Yabiku

Ao projetar esta residência, procurou-se a máxima integração com a natureza e o melhor aproveitamento da vista. Para isso, buscou-se a melhor implantação e a utilização de materiais naturais, como a madeira, pedra e telha de barro. Foi adotado o pavimento único para melhor acessibilidade e melhor convívio entre as pessoas. Também foram utilizadas grandes portas e janelas para maior integração dos ambientes.

Daniel Z

Fotos: Sérgio Paolillo

Localizado em um condomínio, no estilo de Vila, o projeto foi desenvolvido em 4 níveis. O mais baixo abriga a garagem, as dependências dos funcionários e a área de serviços. Acima, temos os ambientes sociais, salas, cozinha, escritório e varanda. No 3º nível, estão as 4 suítes. No 4º nível, fica a área de lazer com mirante, churrasqueira, sauna e um pergolado, um convite ao descanso e à contemplação da paisagem. Com tantos níveis a escada acabou se tornando um elemento marcante, uma verdadeira escultura.
Agradecimentos: Revert Realce Imobiliário e Sérgio Paolillo.

— www.facebook.com/DanielZArquiteto

Denis Sandei

Fotos: Elson Yabiku

Projeto de arquitetura residencial desenvolvido para proprietários de estilo contemporâneo, descontraído e jovem, orientado pela funcionalidade e máximo conforto.

— www.denissandei.com.br

Denise Correa & Alexandre Belezi

Fotos: Elson Yabiku

Um terreno amplo e um pomar de árvores exóticas encantou o casal de proprietários dessa residência. Mas a casa então existente, além de não estar integrada e acessível ao terreno, não comportava a necessidade do casal, de hospedar filhos e netos, e receber os amigos. Incorporada à construção antiga, uma grande ampliação foi projetada, de forma a resultar em um conjunto harmônico e integrado ao terreno, onde as soluções de acessibilidade foram pensadas em cada detalhe. Toda a área térrea é percorrida sem degrau, da rua, passando por todos os ambientes, até à área da piscina, de onde se tem um bela vista do pomar.

— www.facebook.com/oniarquitetura
www.facebook.com/alebeleziarquitetura

Eneida Mendes & Silvia Pontes

Fotos: Acervo do Profissional

Neste projeto, a madeira ipê foi utilizada como elemento de ligação entre as partes interna e externa. Na área das suítes e do home, o assoalho oferece conforto térmico e aconchego visual, além de favorecer a manutenção e limpeza. Para o deck suspenso, ao lado da piscina, adotamos as réguas de ipê com acabamento específico para deck no piso e banco. O deck suspenso permite a ventilação e drenagem natural, constituindo assim um piso permeável. O banco protege visualmente e cria um apoio para complementar as chaises. O pergolado foi criado como proteção e composição da varanda e sala de estar através de um bom sombreamento dos brises colocados na direção norte sul para filtrar a luz.

— www.efarquitetura.com.br

F:Poles - Arquitetos Associados

Fotos: Acervo do Profissional

Neste projeto, o pedido dos proprietários, um casal de empresários arrojados e informais, era que de todos os lugares da casa fosse possível se enxergar o mar. A concepção da planta privilegiou a integração, os vãos livres, o belo mirante e o mobiliário pontual, com peças minimalistas, mas que esbanjam personalidade. O mobiliário e as peças de decoração foram ainda mais valorizados com a escolha do tecnocimento como revestimento, um material que se assemelha ao cimento queimado, mas tem vantagens em relação à aplicação e manutenção. No deck, a madeira ipê reforça a integração com a área externa e a deslumbrante natureza do entorno. Os amplos vãos com panos de vidro retráteis são um convite para que a iluminação natural deixe a casa ainda mais repleta de vida. A sala de estar e a garagem se unem para multiplicar as possibilidades de opções de lazer para os moradores e seus convidados.

— www.facebook.com/F.Poles.Arquitetos