Texto: MktMix Assessoria de Comunicação | Fotos: Andrés Otero

A Tok&Stok, maior rede de móveis e acessórios do país, lançou a coleção Mestres da Marcenaria, composta por oito móveis em que as matérias-prima principal são as madeiras brasileiras.

As peças escolhidas destacam-se pela qualidade estética e funcional, oferecendo uma amostra valiosa da ampla diversidade da produção contemporânea brasileira de design. O conceito da coleção foi a transformação da madeira a partir da inspiração em projetos de grandes nomes brasileiros: o marceneiro e escultor Joaquim Tenreiro, o arquiteto e designer Sergio Rodrigues, o paisagista e moveleiro José Zanine Caldas e a arquiteta modernista Lina Bo Bardi, entre outros.

O aumento da preocupação com o cultivo e a extração responsável de madeira nos últimos anos no Brasil deu novo fôlego para essa simbiose entre natureza e design. Levando isso em conta, cada designer desenvolveu suas peças com olho atento à tradição dos encaixes, tramas, polimentos e cortes, mas com a sustentabilidade em mente.

Cadeira Weiqi

A Cadeira Weiqi de madeira cinamomo, do designer Alain Blatché, com percintas em couro foi inspirada no jogo de tabuleiro, chamado Go ou Baduk, que vem da antiga China, há cerca de 2,5 mil anos, que significa “jogo de cercar”.

Cadeira Weiqi

A Cadeira Weiqi de madeira cinamomo, do designer Alain Blatché, com percintas em couro foi inspirada no jogo de tabuleiro, chamado Go ou Baduk, que vem da antiga China, há cerca de 2,5 mil anos, que significa “jogo de cercar”.

Banco Caipira

O Banco Caipira é uma peça originária da região da Serra da Mantiqueira, Sul de Minas Gerais, confeccionada em madeira pregada, para originalmente se sentar de cócoras. Utilizado comumente sobre a base de fogões à lenha, em frente ao fogo, é também associado desde o trabalho de ordenha ao pitar de um cigarro de palha. A releitura do tradicional banquinho foi desenvolvida pelos designers Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz da Baraúna Design.

Cadeira Cm-9

A Cadeira Cm-9, do designer e arquiteto Carlos Motta, é executada em madeira cumaru na cor amendoim, com acabamento em goma laca indiana, com encosto e assento trançados em couro ou algodão natural. A peça é para uso interno, permitindo uso externo aberto coberto, protegido de chuva e sol.

Cadeira Cm-9

A Cadeira Cm-9, do designer e arquiteto Carlos Motta, é executada em madeira cumaru na cor amendoim, com acabamento em goma laca indiana, com encosto e assento trançados em couro ou algodão natural. A peça é para uso interno, permitindo uso externo aberto coberto, protegido de chuva e sol.

Sofá Mangaratiba 

A inspiração da designer Claudia Moreira Salles para a produção do Mangaratiba foi fazer um sofá de construção simples utilizando madeira maciça, sem deixar a elegância de lado. A aparência leve foi intencional e é dada pela elaboração de caixa com ripas verticais espaçadas e em balanço aos pés. A madeira utilizada é eucalipto e possui a aparência natural sem brilho, deixando mais evidentes os veios compatíveis com as texturas dos tecidos.

Banco Guido

Do designer Paulo Alves, o Banco Guido, com base em muitas criações… a inspiração sempre vem da natureza. Com formas retas que lembram troncos, a partir deles nascem os galhos. “O conceito da peça é uma forma de recordar a origem dessa matéria prima tão nobre”, ressalta o designer. A madeira utilizada é eucalipto.

Banco Guido

Do designer Paulo Alves, o Banco Guido, com base em muitas criações… a inspiração sempre vem da natureza. Com formas retas que lembram troncos, a partir deles nascem os galhos. “O conceito da peça é uma forma de recordar a origem dessa matéria prima tão nobre”, ressalta o designer. A madeira utilizada é eucalipto.

Poltrona UBÁ

O conceito do designer Pedro Useche para a Poltrona UBÁ foi basicamente criar uma “poltroninha” com proporções compactas para pequenos espaços, cada vez mais comum nos dias de hoje. Concebida em madeira, com estrutura lateral em forma de X deixando o assento em balanço para gerar leveza visual. Assento e encosto côncavos e com bom ângulo para obter a ergonomia correta. A madeira utilizada é eucalipto.

Banco Nanda

O Banco Nanda, do designer Zanine de Zanini, nasce com referências a cultura brasileira aliada à simplicidade produtiva. Como ponto de partida para os assentos, as formas geométricas encontradas nos azulejos de Athos Bulcão. Com estruturação simplificada utilizando peças retas o banco surge em duas opções de altura e diferentes cores. A madeira utilizada é eucalipto.

Banco Nanda

O Banco Nanda, do designer Zanine de Zanini, nasce com referências a cultura brasileira aliada à simplicidade produtiva. Como ponto de partida para os assentos, as formas geométricas encontradas nos azulejos de Athos Bulcão. Com estruturação simplificada utilizando peças retas o banco surge em duas opções de altura e diferentes cores. A madeira utilizada é eucalipto.