06/12/2016 — Texto: Sandro Prezotto | Fotos: Romulo Fialdini

Uma conversa com o criador do conceito de alto padrão em imóveis.

Com status de verdadeira grife no mercado imobiliário, a Construtora Adolpho Lindenberg combina apuro estético, boas soluções arquitetônicas, excelência no processo construtivo, inovação e um relacionamento próximo e duradouro com seus clientes. Em mais de 60 anos de atuação, a companhia, que faz parte do Grupo LDI, já entregou cerca de 700 empreendimentos a mais de 8.000 clientes em todo o Brasil. Para saber um pouco mais sobre essa trajetória, conversamos com o pioneiro e inovador Sr. Adolpho Lindenberg, que esbanja vitalidade no auge de seus quase 90 anos.

Habitare: Como o senhor avalia o sucesso alcançado pela Construtora Adolpho Lindenberg?
Adolpho Lindenberg: Meu pai, Adolpho Carlos Lindenberg, era médico e naquela época era comum os filhos seguirem a carreira dos pais, mas eu estava decidido a fazer engenharia e arquitetura. Assim que me formei no Mackenzie, fui trabalhar como engenheiro da Light & Power Co., mas no início dos anos 50, deixei o emprego e investi na construção de três casas no recém-criado bairro do Ibirapuera. Fui bem-sucedido na comercialização desses imóveis e investi o dinheiro em outras construções. Em 1954, criei o Escritório de Engenharia Adolpho Lindenberg. Pouco tempo depois, por questões de segurança, as famílias abastadas de São Paulo começaram a manifestar o desejo de deixar suas mansões. Foi quando percebi que deveríamos projetar e construir apartamentos amplos, verdadeiras mansões elevadas, para oferecer como opção a esses clientes. E deu muito certo. Fomos pioneiros nesse segmento de altíssimo padrão e, hoje, somos considerados ‘a grife do mercado imobiliário’, o que muito nos orgulha.

H: Quais projetos podem ser destacados como simbólicos dessa trajetória?
A: A Construtora Adolpho Lindenberg traz duas características que, à primeira vista, podem parecer antagônicas, mas, no nosso caso, não são: tradição e espírito inovador. A tradição foi algo que construímos ao longo do tempo, alicerçada na qualidade e exclusividade dos nossos produtos. A inovação também é uma característica muito forte da empresa. Fomos os primeiros a construir apartamentos de alto luxo com, pelo menos, 700 m². Fomos também a primeira construtora a permitir a customização dos projetos dos apartamentos. O primeiro flat construído no Brasil, o Flat Service Augusta, é obra nossa. No início dos anos 80, fizemos duas obras emblemáticas para a arquitetura paulistana: os edifícios Penthouse e Roof, no Morumbi. Cada apartamento tem a sua piscina na varanda.

H: O que mudou, de 60 anos para cá, na Construção Civil e na Arquitetura?
A: O mercado passou por mudanças significativas, especialmente na Construção Civil. Em relação aos projetos de altíssimo padrão, o tamanho dos imóveis diminuiu. Se antes os apartamentos precisavam ter 700 ou 1.000 m², hoje, a sofisticação e o requinte de um Lindenberg estão sendo oferecidos em imóveis mais compactos. As pessoas querem praticidade e precisamos levar isso em consideração na hora de projetar.

H: Quais os prognósticos para os próximos anos?
A: O mercado passa por um momento de acomodação depois de um forte crescimento nos últimos anos. Investir em imóvel continuará sendo um grande negócio. O segmento de altíssimo padrão continua em ascensão. Novos conceitos de moradia estão chegando, as pessoas querem qualidade de vida e, principalmente, segurança.

H: Hoje, qual o perfil dos empreendimentos que estão no DNA da empresa?
A: Os empreendimentos de altíssimo padrão são a nossa marca registrada e continuam a ocupar um espaço importante em nosso portfólio. Hoje, temos o Lindenberg Timboril sendo construído em Piracicaba (SP), com três torres em estilo neoclássico, 125 apartamentos com 365, 278 e 213 m². Vamos lançar o Lindenberg Jundiaí, uma torre com 42 apartamentos com quase 300 m2 mais dois duplexes. Também em Piracicaba, temos o TRIO by Lindenberg, um projeto contemporâneo que reúne salas comerciais e apartamentos de 54 m².

H: Quais os diferenciais construtivos dos projetos da Construtora?
A: O primeiro é o atendimento personalizado. O Personna, departamento que cuida exclusivamente da customização dos projetos, é outro grande diferencial. Nossos empreendimentos estão sempre na vanguarda tecnológica no que concerne a itens como ar-condicionado, automação, grupo gerador e biometria. Oferecemos piso acústico auto-nivelante, pé-direito mais alto, sistema PEX nos banhos (que permite a troca de tubulação sem quebra de paredes). O paisagismo é assinado pelos melhores profissionais da área, assim como as áreas comuns, entregues totalmente decoradas e equipadas.

H: Como você analisa a tendência dos empreendimentos de oferecer uma espécie de condomínio-clube?
A: Realmente é uma tendência bastante forte e não apenas nos empreendimentos de alto padrão. O Lindenberg Timboril, em Piracicaba, por exemplo, terá mais de 30 itens de lazer. As pessoas hoje vivem uma vida muito agitada, cheia de compromissos. Sem contar o trânsito e a falta de segurança. Por isso, as famílias querem poder desfrutar do lazer e da convivência em seu próprio lar. É isso o que precisamos oferecer aos clientes: qualidade de vida.

H: Como surgiu o conceito de ‘mixed use’, que reúne moradia, trabalho e conveniência?
A: Esse conceito surge diante da necessidade de se evitar deslocamentos e atenuar os efeitos do trânsito sobre a vida das pessoas. Ele ganha importância, também, pela praticidade e segurança que oferece. Você tem praticamente tudo em um único lugar e ainda conta com o suporte de serviços, como limpeza básica, concierge e manobrista, tudo incluído na taxa de condomínio. As pessoas buscam por praticidade e querem simplificar a vida.

H: Hoje não se pode pensar em construção e urbanismo sem considerar a sustentabilidade do projeto. Como os seus empreendimentos se destacam nesse aspecto?
A: Nossos projetos sempre têm como foco o uso racional da água e da energia elétrica. Contam também com captação da água da chuva, pisos permeáveis e painéis para aquecimento solar. A Construtora adota o ‘índice de sustentabilidade Lindenberg’, utilizado na avaliação dos projetos. Todos os materiais utilizados são certificados e contam com o ‘selo verde’.

Construtora Adolpho Lindenberg – Grupo LDI
www.grupoldi.com.br