28/12/2016 — Texto: Danny Moraes

Muitas pessoas questionam a respeito da técnica milenar chinesa, o Feng Shui, sobre como pequenas mudanças podem alterar o fluxo energético de um ambiente.

A resposta está em como nos relacionamos conosco. A nossa casa é uma extensão do nosso próprio EU, assim sendo, desde a escolha de objetos, cores, organização, limpeza etc, tudo está relacionado à maneira que nos tratamos, bem como reflete nossa personalidade e as coisas que nos são importantes.

Quer exemplos? Casas muito bagunçadas refletem um interior confuso, pessoas que precisam se reestruturar novamente. Quando os pensamentos estão confusos e desordenados, automaticamente deixamos de organizar nosso lar. Prestem atenção quando a bagunça se instalar, isso denota uma tendência a estados depressivos, serve como um alerta!

Ambientes muito escuros e fechados revelam pessoas que possuem grande dificuldade de relacionamentos. Normalmente são pessoas tímidas e que acreditam que o mundo é uma ameaça.  Quanto mais luz e ventilação, maior a entrega nos relacionamentos em geral.

E o que dizer das paredes que começam a sofrer com umidade e bolor? Quando as paredes começam a embolorar, significa que há pessoas que necessitam de cura dentro deste imóvel ou pode ser a família toda. Quando a doença se instala é como se as paredes sentissem toda a vibração de doença e elas acabam externando isso. Vale lembrar que a doença não é só física, muitas vezes, são padrões mentais negativos que precisam ser transformados. Pessoas que vibram muita negatividade, reativas  e que não acreditam no melhor da vida.

Armários abarrotados, excessos de objetos, revelam pessoas acumuladoras. São aquelas pessoas que possuem dificuldades em desapegar e, ao mesmo tempo, estão muito presas ao passado e lembranças. Tais pessoas podem ter dificuldade em perdoar e em compartilhar o seu melhor com os outros, revelando avareza.

Vazamentos hidráulicos revelam pessoas que possuem grande dificuldade de fluir com a vida.  Geralmente, revelam pessoas controladoras. As pessoas controladoras precisam de muitas confirmações para se sentirem seguras, mas, na verdade, o excesso de controle revela uma carência que precisa ser curada. Quando os vazamentos se instalam, as perdas financeiras ocorrem concomitantemente.

As portas de entrada são a principal atração de um imóvel,  isso porque elas revelam sobre como são seus moradores em personalidade e nos cuidados pessoais. As portas estão relacionadas com a autoestima. Quando uma porta está deteriorada, emperrada, suja etc, revela a falta de amor consigo mesmo e isso refletirá na vida em geral. A porta é a abertura que damos pra energia da vida entrar e, se nos amamos, só entrará energia boa.

Como podemos notar, nosso lar é nossa identidade e não há truques em relação ao Feng Shui. Uma vez que harmonizamos nosso lar, estamos harmonizados com nossa própria essência.

Gratidão e muita luz a todos!