15/02/2017 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Thiago Travesso

Localizada na Avenida Faria Lima, a Bicicletaria tem 400m² de arquitetura industrial, devido aos tijolos de demolição já existentes na construção, e a outros elementos, como aço e concreto.

Executada pelos arquitetos Olegário de Sá e Gil Cioni, a loja tem, logo na entrada, uma oficina mecânica onde o cliente visualiza a montagem e o conserto da magrela sentado em banquinhos em que os assentos são selins de bicicleta.

Tudo combinando bem com a fachada e suas réguas de concreto aparente e seus panos de vidro que revelam a amplitude do edifício e a disposição dos ambientes e mercadorias a quem passa pela avenida.

No segundo pavimento, objetos e acessórios como camisetas, uniformes, bonés e afins estão à venda e dividem espaço com uma grande tevê destinada a estudos de performances e testes com bikes. “Tudo muito bem pensado para quem gosta, aprecia e entende de bicicletas”, explica Olegário.

O terceiro e último andar é um lounge reservado para eventos e encontros.

O elevador se destaca pela caixa de corrida com estrutura metálica aparente com suas vigas, pilares e contraventamentos. Uma solução que leva todos os tipos de usuários, incluindo os ciclistas, a todos os pavimentos.

Por todo lugar, bicicletas estão espalhadas, inclusive numa caixa de 6 metros de altura. Há ainda grafite na parede e piso de paralelepípedo que remete às ruas da cidade, lugar onde as bicicletas geralmente devem estar.

www.saecioni.com.br