Texto: Exata Comunicação | Fotos: Marcelo Negromonte

A modernidade se contrapõe de maneira perfeita com o rústico e o natural propostos para os acabamentos deste apartamento de 105 m², assinado pelo arquiteto Edilson Campelo. A ambientação dos espaços mescla tons neutros acinzentados e cria uma atmosfera ampla e agradável para desfrutar da fabulosa vista do Oceano Atlântico, a uma altura de 32 andares acima da Avenida Paralela, em Salvador (BA).

Os proprietários, vindos do sul do Estado, exigiram toques de rusticidade e naturalidade nos acabamentos. Por isso, o piso ganhou porcelanato com tratamento de cimento queimado e as paredes foram revestidas em tijolinhos e lambris de madeira de demolição. O lavabo segue o mesmo conceito com um banho de ladrilho hidráulico, fabricado à moda antiga, no piso e na parede. As cores, porém, são modernas e mesclam tons de índigo, negro, gema e magenta.

Outro ponto que chama atenção no projeto é a cozinha integrada à varanda, um pedido dos clientes que foi acatado pelo profissional. Campelo deu unidade ao conjunto através da paleta de cores: ora tratando rusticamente, ora pincelando linhas de modernidade e futurismo, como o brilho refletivo dos vidros azuis e o acetinado do aço inox escovado.

O Azul Royal aplicado nas frentes em vidro do móvel é o ponto alto da composição, tornando o espaço elegante e moderno. Completam a paleta de cores tons de preto e grafite. O azul confere ainda um brilho inigualável à cozinha, agregando força e nobreza para todo conjunto.

A sugestão de cores feita pelo profissional foi aceita pelos clientes, que apostaram em um projeto inovador e diferenciado. O mobiliário Evviva Bertolini harmoniza perfeitamente garantindo praticidade no dia a dia e amplo espaço interno para acomodar utensílios. Os puxadores são outro destaque: cortados no próprio vidro, eles mantêm a estética e modernidade da proposta.

O espaço de trabalho, também integrado ao conjunto social, recebeu o tratamento merecido, já que deveria estar em harmonia com os acabamentos refinados da sala e ser funcional e prático. O desafio aqui era a enorme quantidade de livros técnicos que deveriam ocupar a estante, para ser útil e, ao mesmo tempo, determinante na estética da sala.

As obras de arte, da galeria Fabio Pena Cal, são peças de artistas como Gaio Matos, com a tela da série ‘Continentes’ sobre o sofá, além de Waldemberg, com os desenhos que preencheram a parede onde foi instalado um forno elétrico de pizza junto à área gourmet. As demais paredes foram preenchidas com fotos de viagens dos proprietários e selecionadas pelo profissional.

As duas suítes também foram cuidadosamente calculadas para manter a atmosfera de praticidade do apartamento, com linhas puras e sem muitos adornos. Os tons de cinza, azul e preto permeiam o espaço, uma composição única aliada à madeira usada para aquecer e conferir aconchego.

Edilson Campelo
 www.edilsoncampelo.com.br

Evviva Bertolini
www.evviva.com.br