25/08/2017 — Texto: Mão Dupla Comunicação | Fotos: Divulgação

Os painéis vêm sendo frequentemente incorporados em projetos de arquitetura para compor os espaços e, principalmente, setorizar ambientes.

Este recurso é muito utilizado para esconder ou integrar cômodos, de acordo com a necessidade de cada layout.

Segundo a arquiteta Fernanda Sperb, sócia-proprietária do escritório Jardim & Sperb Arquitetura e Interiores, os painéis podem ser usados, também, para disfarçar portas de passagem. “Gostamos muito de utilizar painéis de madeira para disfarçar portas de cozinha, lavabo, corredor e, também, vãos de cristaleira – comumente encontrados em apartamentos. Além de cumprirem essa função, esses painéis ajudam a ‘esquentar’ o ambiente, deixando-o mais aconchegante”, explica.

A arquiteta Estela Netto também ressalta a versatilidade do uso de painéis na integração dos ambientes e ainda destaca a importância da valorização do conjunto da decoração. “Usados como portas, eles podem integrar ambientes ou separa-los dependendo da atividade que irá se desenvolver. A melhor forma é compreender quais são as demandas do cliente, do ponto de vista funcional, e avaliar o fato de que eles deverão compor com o restante da decoração. Certamente, serão elementos importantes na estética do espaço e por isso sua cor e material deve estar de acordo com o restante do decor. É preciso pensar na decoração como um todo. Cada detalhe, cada cantinho deve objetivar uma harmonia mais global. Com os painéis que se transformam em portas e integram ambientes é a mesma coisa. No todo, eles devem compor harmonicamente”, reforça.

Fernanda Sperb também frisa a importância de se observar a escolha dos materiais a serem utilizados no projeto para não pesar visualmente na composição, uma vez que, normalmente, os painéis são grandes e têm bastante influência no ambiente. “Os painéis que mais gostamos de utilizar são os de madeira, que podem ser de vários tons, dependendo do gosto do cliente e da proposta do projeto. Também gostamos dos painéis de vidro deslizantes, que são leves e podem ser de diversas cores, causando efeitos diferenciados em cada projeto”, enfatiza.

Estela Netto lembra ainda que, além da preocupação com a estética, é extremamente importante se pensar no material a ser usado nos painéis para facilitar a sua manutenção e limpeza. “Precisamos avaliar os materiais, porque se os painéis estiverem dividindo, por exemplo, cozinha e sala, a limpeza deles é algo importante. A cozinha é um espaço que recebe uma higienização mais pesada e um material muito delicado pode não aguentar. Por isso, nessas situações, priorize alumínio com vidro, ou madeiras mais resistentes”, encerra.

Estela Netto
www.estelanetto.com.br

Jardim & Sperb Arquitetura & Interiores
www.facebook.com/jardimesperbarquiteturaeinteriores