20/07/2016 — Texto: Natália de Oliveira | Fotos: Elson Yabiku

Para atrair boas energias para a sua casa, como amor, sorte, saúde, sucesso e ampliar os horizontes de toda a família, nada melhor do que empregar a técnica chinesa, o Feng Shui, na hora de decorar.

Dispor cristais pelos ambientes, trocar a cor das paredes ou mudar a posição dos móveis, tudo isso é parte da filosofia e faz a diferença.

Segundo a designer de interiores e consultora de Feng Shui Danny Moraes, a decoração baseada na técnica consiste em equilibrar as energias de cada espaço da casa, através de objetos e cores, para deixá-los acolhedores e proporcionar bem-estar aos seus moradores.

“O Feng Shui exerce uma grande ‘propaganda’ na nossa mente, indicando, por exemplo, que uma cor te dará mais criatividade ou que determinado objeto vai trazer algumas lembranças ou, ainda, que a iluminação certa te fará ter uma determinada sensação”.

Passo a passo do Feng Shui

O hall de entrada de uma casa é responsável por dividir o mundo interno do externo. Por isso, há a necessidade de se criar uma defesa e uma proteção para que a energia externa, que é mais densa, não entre na casa. Mas, caso venha a entrar, a fonte presente na entrada da casa, como é possível verificar na foto, serve como objeto de cura, que vai permear esta energia.

“A água significa purificação e o movimento que ela exerce na fonte faz com que a energia não se estagne no local. Na simbologia, a água estaria ‘lavando’ as energias impuras”, explica a consultora.

A sala de estar desta casa é um exemplo atípico dentro da filosofia Feng Shui, segundo Danny. Isso porque o posicionamento do sofá não deve ficar de costas para a porta de entrada, pois, sob a perspectiva chinesa, significa que o visitante não é bem-vindo, ocasionando um bloqueio de energias.

“Para deixar o ambiente com mais cara de ‘você é bem-vindo aqui’, coloquei a tela do Buda, que representa a paz, e as plantas, que funcionam como filtro no ambiente. Isso porque elas puxam as energias mais densas, descarregam em terra e devolvem ao ambiente esta energia purificada”, explica Danny.

Porém, quando não se pode alterar a posição do móvel, por causa do projeto arquitetônico, é necessário trabalhar com elementos de curas, para neutralizar a hostilidade do ambiente. Uma alternativa interessante é utilizar objetos que possuem valores sentimentais para os proprietários da casa, que vão, além de equilibrar as energias do ambiente, também deixá-lo bem pessoal. Neste projeto, a cura foi encontrada na coruja de madeira e nos cristais do aparador, objetos queridos pelos proprietários da residência.

No escritório, os itens de decoração na cor vermelha remetem ao dinheiro, já que é a tonalidade que ativa a área do sucesso, segundo a filosofia. O posicionamento da mesa – como no caso do sofá na sala de estar – também deve estar de frente para quem entra no escritório.

A cozinha é o coração da casa. Toda a prosperidade é gerada nesta área. É nela que preparamos o alimento, que nada mais é do que a reposição das energias que liberamos durante o dia. Assim, ela se torna o principal ponto energético de um lar e cuidar desta área é fundamental. A principal dica do Feng Shui começa com a iluminação. Quanto mais iluminado um ambiente, melhor a sensação de amplitude e de limpeza.

Neste projeto, atenção para o fogão ao lado da pia. Segundo a simbologia, a água apaga o fogo e, consequentemente, a prosperidade que entra vai embora com a mesma facilidade. Neste caso, é necessário trabalhar com o elemento madeira como objeto de cura, posicionando, por exemplo, uma topiária, arte de podar plantas em formas ornamentais, que, além do efeito decorativo, devolve o equilíbrio ao local. Outra dica é manter sempre frutas sobre mesas ou bancadas, pois elas simbolizam a fartura.

Na área externa da casa, é necessário tirar a sensação de bagunça que, geralmente, é caracterizada em ambientes com espaços gourmet. O equilíbrio é devolvido com objetos cerâmicos que, no Feng Shui, simbolizam a energia que se move horizontalmente em volta do seu próprio eixo. Neste projeto, a pia está posicionada em local adequado, de frente à churrasqueira e não ao lado, o que, para a filosofia, é muito importante. O sino dos ventos também é uma ótima opção nesta área da casa para completar a harmonização.

A água no Feng Shui tem o significado de limpeza, renovação, purificação e fonte de vida. Piscinas e espelhos d’água são elementos importantes, que integram o paisagismo e tornam os ambientes mais belos e energizados. Segundo a técnica milenar chinesa, a piscina deve sempre estar posicionada do lado esquerdo do imóvel e deve ter os contornos arredondados e caminhos sinuosos. “As piscinas em formato quadrado formam o que chamamos de ‘flechas’, representadas pelas suas quinas que, segundo a filosofia, transmitem energias negativas, provocando a sensação de incômodo aos moradores”, explica a consultora.

Nos quartos, o ideal é que a cama esteja sempre posicionada de forma diagonal à porta, já que, de acordo com o Feng Shui, a cama com os pés voltados para a porta de entrada significa ter suas energias sendo sugadas durante o sono. Para driblar essa situação, é necessário trabalhar com elementos de cura, como o cristal em esfera multifacetado, colocando-o pendurado no batente da porta, do lado de fora. Neste projeto, a cura também foi efetuada com o par de pontas de cristal quartzo rosa ao lado da cama. O rosa é a cor que ativa o amor no Feng Shui, favorecendo a união do casal.

Os banheiros são os grandes vilões de uma casa, pois nesse ambiente a água tem a função apenas de escoamento. Para equilibrar esta área, é necessário utilizar, novamente, o elemento madeira. No caso deste projeto, está presente em toda a área da banheira. “Use e abuse de elementos na cor amarela e tons terrosos para compor este ambiente. Além de serem decorativos, vão promover a cura no local, equilibrando a energia que está sendo lançada água abaixo. Mantenha os toilletes, ralos e portas sempre fechados”, aconselha Danny.

As escadas, segundo o Feng Shui, simbolizam a caminhada pela vida, seus objetivos e a forma como você lida com os obstáculos. É um local onde se acumulam as más energias, portanto, trabalhar a cura neste local é fundamental. Neste projeto, o vaso de planta serve como defesa e proteção do local e o cristal ametista tem a função de transformar as energias ruins em boas.