14/06/2017 — Texto: MAFER Comunicação | Fotos: Gui Morelli

Localizado na Vila Mariana, São Paulo, o Apartamento das Divisórias é inspirado no design e na arquitetura industrial e escandinava, que tem tons neutros e cimento queimado como sua marca registrada.

A pedido da moradora, os arquitetos Diogo Luz e José Guilherme Carceles, do escritório Casa 100 Arquitetura, abusaram da neutralidade, utilizando cores mais claras e acabamentos naturais.

“A proposta era criar um projeto leve e confortável, do jeito que a proprietária queria”, afirma José Guilherme.

Com uma área reduzida – de 65 m2, o piso recebeu o acabamento em porcelanato que imita madeira clara – proporcionando a sensação de amplitude. Na marcenaria, foi utilizado o carvalho americano. O teto exibe a laje de concreto aparente, com tubulações elétricas à vista. Já as paredes foram todas pintadas de branco.

Um dos primeiros ambientes que se vê quando entra no apartamento é a cozinha, integrada à sala de estar. Os arquitetos optaram pela bancada de Neolith cinza, que também funciona como espaço para as refeições e acomoda o painel onde foi instalada a televisão voltada para a sala de estar. Acima da bancada, prateleiras com estruturas de cobre estão presas ao teto.

Com a ideia inicial de derrubar todas as paredes e criar um único ambiente, a moradora optou por manter a área intima isolada. Para isso, os arquitetos do escritório Casa 100 Arquitetura criaram uma divisória com a madeira de carvalho americano com uma porta para o closet. Na outra extremidade, foi colocado um painel de vidro pontilhando, causando um efeito de transparência.

O dormitório, que está localizado atrás do closet, segue a mesma linha conceitual do apartamento, com design e arquitetura escandinava e industrial solicitado pela moradora. Um painel de madeira foi colocado atrás da cama e acima desta foram instaladas prateleiras com estrutura em cobre, como as que estão na cozinha.

Já o banheiro recebeu um gabinete de carvalho americano e uma bancada de quartzo da Technistone. As paredes foram revestidas com cerâmica branca da Atlas e o piso um porcelanato da Portobello. No box, separada com um vidro, foi instalado um deck de cumaru.

www.casa100.com.br