28/07/2017 — Texto: Denise Delalamo Comunicação | Fotos: Julia Ribeiro

Deslumbrante e versátil o cobre rosê já se tornou uma das mais queridas entre profissionais e amantes do décor

A versatilidade do cobre, metal que além de sua beleza possui longa durabilidade, já é, há muito tempo, marca registrada de diversos projetos arquitetônicos.

Uma das inovações de maior sucesso, e com certeza umas das mais bonitas e elegantes, foi a mistura do brilho e imponência deste metal à suavidade e tranquilidade da cor rosa, surgindo, em um tipo de combinação perfeita, o cobre rosê.

Usado para dar forma a objetos de decoração e design, além de outras variações, essa mistura de cor e textura já se tornou cobiçada entre muitos apaixonados por décor. A arquiteta Barbara Dundes, amante do material, reuniu inspirações e dicas para quem deseja incorporar a tendência, confira:

Quarto

Com um visual moderno e despojado, esses pendentes imprimem no quarto uma atmosfera confortável e agradável, ótima para este tipo de cômodo. Ganhando destaque por conta da base clara da parede e lençóis, além de estarem localizados em uma posição ideal para leituras antes de dormir, as peças conferem no ambiente a contemporaneidade desejada. 

Cozinha

Após a retirada de uma parede para poder se integrar à sala de jantar, essa cozinha em estilo americano ganhou uma ilha funcional que foi destacada graças a três pendentes em cobre rosê, usados e inspirados na personalidade romântica da moradora.

Living

Objetos de decoração também ganharam versões na cor do momento, como, por exemplo, as lanternas de vela, que deixam qualquer espaço mais elegante. Nesse projeto elas ficam em contraste com a paleta de cores sóbrias, conferindo uma essência requintada e de estilo minimalista.

Sala de Jantar

A sala de jantar é, sem dúvidas, um dos lugares ideais para ousar em lustres e iluminação, já que é um local onde cores extravagantes, como o dourado e prata, se encaixam perfeitamente. Tendo isso em mente, o cobre rosê também é uma ótima escolha por conta de sua imponência.

www.barbaradundes.com.br