14/04/2017 — Texto: Denise Delalamo Comunicação | Fotos: Divulgação

O sofá é um item indispensável na decoração de uma casa.

Porém, é preciso atenção na hora da escolha, já que errar nesse momento pode acarretar uma série de problemas, como deixar ambientes menores e mais carregados, causar incômodo na hora de sentar, ou até mesmo atrapalhar a circulação pelo local. Pensando nisso, o arquiteto Marcelo Rosset separou dicas para escolher a peça certa.

1. Na hora de escolher em que parte da sala o sofá vai ficar é preciso levar em consideração a circulação de pessoas pelo local, para não atrapalhar as passagens e a comodidade dos usuários.

2. É essencial sempre tirar as medidas para evitar surpresas desagradáveis. Para isso, deve-se elaborar uma planta do espaço e sempre levar em consideração as paredes para apoio.

3. Em questão de conforto e durabilidade, o ponto principal é o tecido. Geralmente os sintéticos tendem a ser mais resistentes do que os naturais, já que permitem uma melhor manutenção. Já as tramas com mesclas duram mais e escondem eventuais manchas que possam aparecer. Evite tecidos muito claros, já que são mais fáceis de sujar.

4. Para criar uma composição junto de tapetes, mesinhas laterais, pufes e luminárias. Faça um estudo de harmonia de cor para que tudo combine da melhor forma possível.

5. Sofás para sala de televisão geralmente são mais profundos e têm um encosto de cabeça mais alto. Sofás para o Living podem ser mais baixos. Cada pessoa tem uma preferência, portanto o ideal é testar a mobília antes de comprar.

www.marcelorosset.com.br