Texto: Patrícia Rodrigues | Fotos: Rui Antunes

Como a casa era de esquina e com três andares, trabalhamos com volumetria das plantas para quebrar um pouco da altura e harmonizar a fachada lateral. Seguimos uma linha de jardim tropical, com flores, folhagens, diferentes cores, texturas e formatos. Para a harmonização da grande volumetria da casa usamos palmeiras rabo de raposa já adultas.

A fim de garantir a privacidade no acesso entre piscina e banheiro, já que estavam em níveis diferentes e expostos nessa fachada lateral, utilizamos dormentes de demolição na vertical, criando uma barreira visual integrada ao jardim, dando um toque de charme e rusticidade, além de compor com a arquitetura e deixá-la ainda mais bonita.