Integrar

Texto Sandro Prezotto

Clínica e escola para pessoas com paralisia cerebral

A Clínica Escola Integrar (Instituição Terapêutica de Grupos de Habilitação e Reabilitação) nasceu pela iniciativa de algumas famílias que buscavam melhores tratamentos para seus filhos e se preocuparam com crianças carentes com a mesma patologia, o que veio ao encontro das necessidades de Sorocaba, que já contava com uma demanda significativa e não tinha recurso adequado para o atendimento.

Em busca de melhor qualidade de atendimento e escola para seus filhos, nove pais se reuniram para fundar a Integrar. Dois deles conheciam o método Húngaro de Educação Condutiva (Petö), que era aplicado em uma escola de São Paulo desde 1990. Em parceria com os diretores desta escola, criaram o projeto Integrar.

Fundada em 1993, a clínica disponibiliza tratamentos após a identificação da enfermidade, do nascimento da criança até a idade em que forem necessários. A instituição atende, atualmente, 135 crianças, entre jovens e adultos com diagnóstico de Paralisia Cerebral, atuando em diversas frentes de trabalho:

  • Integração Social: Integração do indivíduo com necessidades especiais nas áreas de saúde, educação e social, assegurando e garantindo os seus direitos como cidadãos.
  • Ensino Fundamental: Promove o aprendizado curricular do ensino fundamental independentemente de idade, capacidade física ou cognitiva.
  • Método Petö de Educação Condutiva: Sistema educacional que integra o processo pedagógico à reabilitação. O sistema é baseado em um plano pedagógico que facilita à criança explorar o seu ‘eu’ e tudo que a cerca.
  • Fisioterapia: Trabalha a área sensório-motora do indivíduo para torná-lo produtivo e independente, sempre respeitando o indivíduo como ser íntegro e global desenvolvendo sua habilidade motora e visando a sua inclusão à sociedade.
  • Oficina Artesanal e Terapêutica de Geração de Renda: Busca proporcionar aos jovens alunos e ex-alunos, oportunidade de socialização e produtividade.
  • Terapia Ocupacional: Desenvolve habilitação, reabilitação, prevenção, recuperação, promove a independência e cria adaptações, utilizando-se de recursos lúdicos, recreativos, expressivos, integração sensorial e da vida diária.
  • Equoterapia: A utilização do cavalo na habilitação e reabilitação motora provém do movimento que o passo do cavalo transmite ao praticante, característico por ser ritmado, repetitivo e simétrico.
  • Fonoaudiologia: Trata a incapacidade de comunicação e, associados a ela, comprometimentos de audição, alimentação e escrita.
  • Psicologia: Tem como objetivo analisar, intervir, tratar, orientar, cultivar e promover o bem-estar, bem como a qualidade mental e física dos pacientes, expandindo os procedimentos aos pais e cuidadores.
  • Estimulação Visual: Utiliza adequadamente o resíduo visual melhorando assim sua coordenação viso motora e consequentemente o desempenho em seu desenvolvimento global.

15 3212.9030

www.integrarsorocaba.org.br

— www.facebook.com/integrarsorocaba