FGMF – 1999-2015

O escritório FGMF Arquitetos, que tem à frente o trio Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, lança pela editora Acácia Cultural o livro “FGMF – 1999-2015”, uma edição bilíngue com 356 páginas ilustradas sobre a atuação do escritório, as obras mais emblemáticas e projetos destes mais de 15 anos de carreira. A publicação é composta por dois livros, um com fotos e textos sobre os projetos, e outro que é um caderno de desenhos, cortes e dados técnicos. Esse registro apresenta ao leitor uma arquitetura contemporânea, investigativa e inovadora, com atuação em todas as escalas e programas, do detalhe da residência ao plano urbanístico.

www.fgmf.com.br

FGMF – 1999-2015

O escritório FGMF Arquitetos, que tem à frente o trio Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, lança pela editora Acácia Cultural o livro “FGMF – 1999-2015”, uma edição bilíngue com 356 páginas ilustradas sobre a atuação do escritório, as obras mais emblemáticas e projetos destes mais de 15 anos de carreira. A publicação é composta por dois livros, um com fotos e textos sobre os projetos, e outro que é um caderno de desenhos, cortes e dados técnicos. Esse registro apresenta ao leitor uma arquitetura contemporânea, investigativa e inovadora, com atuação em todas as escalas e programas, do detalhe da residência ao plano urbanístico.

www.fgmf.com.br

Casacadabra – Invenções para morar

As autoras partem da ideia de que as cidades serão mais justas e humanas quando a arquitetura e o urbanismo começarem a ser ensinados desde o princípio: nas aulas de ensino básico, fundamental, médio e não apenas nas salas de aula das faculdades de arquitetura. A qualidade do espaço pode mudar comportamentos, melhorar a convivência entre as pessoas, aumentar percepções e a apropriação do próprio espaço. Alerta disso, a criança cresce e cria, também, a consciência crítica em relação à cidade.

www.pistacheeditorial.com.br

Sintonia Fina

A designer brasileira Claudia Moreira Salles apresenta sua nova série de luminárias em um livro, onde mostra não apenas as luminárias, mas também sua produção. As imagens registram a transformação do nióbio, matéria prima das peças, durante a anodização, um banho durante o qual ele assume tonalidades variadas, num processo quase mágico aos olhos do leitor. O trabalho artesanal com a madeira de demolição, usada como base para as peças, e a precisão da montagem também são revelados.

www.bei.com.br

Sintonia Fina

A designer brasileira Claudia Moreira Salles apresenta sua nova série de luminárias em um livro, onde mostra não apenas as luminárias, mas também sua produção. As imagens registram a transformação do nióbio, matéria prima das peças, durante a anodização, um banho durante o qual ele assume tonalidades variadas, num processo quase mágico aos olhos do leitor. O trabalho artesanal com a madeira de demolição, usada como base para as peças, e a precisão da montagem também são revelados.

www.bei.com.br

Andréa Barroso Interiores

A escolha pela profissão de designer de interiores não foi uma escolha óbvia na vida de Andrea Barroso. Formada relações públicas, somente aos 26 anos ela decidiu dar um novo rumo à carreira e ingressou na Escola Panamericana de Arte e Design, em São Paulo. Em seu primeiro livro autoral Andréa Barroso Interiores conta sobre sua trajetória profissional e seus maiores projetos residenciais, comerciais e corporativos.

Editora Zeta