Texto: Sandro Prezotto | Fotos: Renato Elkis

No interior de São Paulo, uma residência de linhas retas e estilo contemporâneo, assinada pelo arquiteto Marco Portes (CAU 7652-0), apresenta-se fincada a um suntuoso terreno de 3 mil m².

“Com volumes bem definidos, ressaltados por linhas secas e expressivas, trata-se de um estilo que está diretamente conectado ao movimento arquitetônico brasileiro traçado por mestres que tanto influenciam nossas pranchetas de hoje”, declarou o arquiteto Marcos Portes.

A residência foi projetada para um jovem casal para ser utilizada para o lazer da família, inicialmente, mas com perfeita infraestrutura para opção de moradia fixa no futuro. Como ponto de partida, a orientação era de respeitar o terreno em aclive, deixando o espaço térreo voltado para o verde, integrando espaço gourmet, varanda, bangalô, praça do fogo e piscina, que foram projetados e implantados como mirantes para Eterna Paisagem e Pôr do Sol.

“A estrutura respeita os vãos livres, como o pé direito duplo e os vidros amplos, aproveitando ao máximo a luminosidade natural e enquadrando a paisagem com uma pintura viva, proporcionando amplitude ao espaço, conforto térmico e dando sensação de liberdade”.

Os materiais utilizados foram escolhidos com a intenção de refletir uma construção Neocontemporânea com linhas puras, cores neutras, materiais naturais, tijolos aparentes, revestimentos próximos ao cimento. Os pisos selecionados, porcelanatos e mármore de alta qualidade, seguem também o mesmo padrão concreto oferecendo ao projeto um ar modernista que se contrapõe com as madeiras certificadas, um elemento que se coloca como protagonista aquecendo e tornando-o mais aconchegante.

“Vários itens me atraem neste projeto, como a grande porta pivotante da entrada social, que alcança o pé direito duplo total. O bloco frontal, que envolve o home theather, se mostra em balanço destacado pelo revestimento em tecnocimento na cor concreto”.

Para o arquiteto, outro destaque são as escadas e passarelas frontais em tijolos aparentes que envolvem as grandes palmeiras Elegans plantadas ao longo do fundo infinito da piscina.

“O lavabo na lateral da residência, voltado para a área de lazer, se destaca formando um bloco de concreto solto da estrutura da casa”.

O bangalô foi construído em estrutura metálica ao lado do SPA da piscina e recebeu piso em madeira tratada Cumarú. O paisagismo frontal forma relevos gramados. Assim, o lazer, que se posiciona todo voltado para frente, ganha maior privacidade para quem o usufrui. O jardim lateral foi preenchido por orquídeas bambu (Arundinas) sobre os seixos pretos. Ele divide o piso atérmico, onde descansam as espreguiçadeiras, com a passarela em madeira tratada iluminada por leds embutidos, interligando a entrada principal até a varanda gourmet.

O gradil e portão de acesso da rua para a residência foi produzido em aço corten e vidro instalado em toda sua extensão, criando leveza, dando continuidade ao gramado e às espécies do paisagismo vindo da calçada e se estendendo ao longo da residência.

“A arquitetura e a decoração de interiores são pensados juntos e por completo, dos vãos da estrutura arquitetônica ao desenho do puxador de um móvel da garagem. Tudo faz parte de um corpo que tem que funcionar em perfeita harmonia”.

A palheta escolhida permite tons claros e sóbrios, mas o essencial está ali: branco e cinza que contracenam com mobiliários de aparência forte e homenageiam nossos artistas brasileiros.

A criação do escritório pontua um decor sem excessos e ficou a cargo da arquiteta Cida Portes, que selecionou a dedo cada peça colocada no projeto. Destaque especial para a poltrona Mole, a mais perfeita tradução do pensamento do designer carioca Sergio Rodrigues, criada em 1957 e atualmente exposta no museu de Arte Moderna de NY, além das cadeiras Oscar, fabricadas no ano de 1956, em homenagem ao palácio da Alvorada.

O banheiro da suíte, todo em branco, sinônimo de leveza no ambiente, recebeu pinceladas em tons de bege e marrom. A ducha e a hidromassagem mostram-se totalmente integradas e o jardim vertical, ao lado da banheira, favorecem momentos de maior prazer e relaxamento.