31/05/2017 — Texto: Divulgação | Fotos: Evandro Oliveira, Cristiano Brunetto e Homã Alvico

Em um terreno de 4m x 40m, localizado no bairro da Vila Mariana em São Paulo, havia o desejo dos clientes em realizar um comércio de alimentos feito com containers que possibilitassem uma interação maior com o espaço externo.

Com orçamento reduzido e prazo curto, o programa se tornou um desafio, pois apresentava diversas dificuldades simultaneamente para o Estúdio HAA!.

A solução encontrada foi empregar diversos componentes pré-fabricados, e reduzir drasticamente a mão-de-obra em loco. No processo de projeto foi realizado ensaio de diversas possibilidades de implantação dos containers, levando em consideração o mínimo de alterações nos módulos de containers e a circulação dentro do terreno exíguo.

Utilizando o processo participativo de projeto com os clientes, realizando dinâmicas para a definição final da implantação, deixando-os sempre a par de todas as consequências em cada proposta. E o resultado final foi unanime a todos os envolvidos. O primeiro container foi dividido assimetricamente, utilizando a peça maior inclinada na fachada do terreno, sendo o bloco do bar, possibilitando desta forma um isolamento do público-privado com a própria arquitetura, o acesso de entrada se fazendo pela lateral do container, permitindo a limpeza na fachada, e “antecâmaras” de acesso. A porção menor do container foi utilizada como bloco de banheiros e depósito.

O segundo container foi utilizado inteiro em sua dimensão, necessitando uma grande abertura lateral de 2/3 de sua extensão para acoplar o módulo de construção em Steel Frame, ampliando desta forma sua área, e abrigando o bloco de restaurante. Outro grande desafio de projeto foi a questão logística, de como descarregar e implantar os containers dado a largura de 4m do terreno. Foi necessário desenvolver formas alternativas de se descarregar os containers, pois os métodos convencionais não iriam dar certo.

Como a entrada de caminhões de até 40 toneladas seria impossível, pois a fundação não iria resistir ao atrito da roda, e era preciso ter as fundações prontas no momento em que fosse feita a implantação dos containers, foi empregado um sistema de fundações préfabricadas, que possibilitam a locomoção e posicionamento rápido.

Os containers foram revestidos internamente com manta-pet para o isolamento térmico, e placas de OSB para acabamento final, a utilização das placas de OSB resistem aos esforços de torção do container no momento da locomoção dos mesmos sem apresentar fissuras, além de possuírem baixo custo e compor esteticamente o projeto.

www.homaarq.com