20/03/2017 — Texto: Marqueterie | Fotos: Daniel Ducci

Um projeto que reúne 4 espaços inovadores que aliam tecnologia e conhecimento, mesclando áreas públicas e privadas.

Projetada pelo arquiteto Samuel Kruchin e sua equipe, do escritório Kruchin Arquitetura, a PraçaPamplona é um novo complexo multiuso localizado em uma área de 36 mil m², no bairro da Bela Vista, a apenas duas quadras da Avenida Paulista.

O empreendimento da incorporadora Brookfield terá uma torre comercial, um teatro digital (planetário) e um centro de pesquisa do Instituto de Física Teórica, além de um casarão e um bosque associado a uma praça de convivência.

“A concepção geral do projeto foi um grande desafio: estudamos edifícios de usos diferentes num mesmo terreno e encontramos uma linguagem comum a eles, além de manter neste mesmo complexo um bem tombado. O conceito do projeto buscou uma arquitetura de linguagem contemporânea aliada à preservação da memória da cidade”, afirma Aline Stievano, arquiteta do escritório KRUCHIN Arquitetura e que também ficou a frente do Praça Pamplona.

O restauro do Casarão do início do século XX, realizado pelo arquiteto Samuel Kruchin, ganhou o prêmio Master Imobiliário 2014 na categoria Profissional – Preservação do Patrimônio Histórico. O prêmio é um dos mais importantes do setor e consagra empreendimentos em operação e projetos que se diferenciam pelas estratégias inovadoras em diversas áreas. O local terá os elementos originais reconstituídos, e as intervenções que o descaracterizaram com o tempo, totalmente eliminadas. O espaço abrigará um centro cultural e social de desenvolvimento científico.

Os edifícios do “PraçaPamplona” serão interligados por um eixo central que percorre todo o complexo conectando as duas vias urbanas que o delimitam (Rua Pamplona e Rua Silvia) em direção a um mirante localizado sob a torre comercial. Uma praça de convivência com espelhos d’água e área de estar e outra com bosque recompondo o jardim original são elementos que reforçam a integração dos edifícios do complexo, uma das preocupações do projeto. Dessa forma, o projeto apresentação uma relação em o público e o privado.

O edifício comercial, com 22 pavimentos e 364 salas é ao mesmo tempo ponto focal e pano de fundo do conjunto e agente principal de integração entre a praça e os elementos que compõem o projeto.

O Centro de Pesquisas será a sede do Instituto de Física Teórica (IFT) com auditório, salas de aula e estudo. Já o teatro digital possui formas inovadoras e materiais de altíssima tecnologia. Projetado como membrana que remete às conchas, a um berçário de estrelas, conta com uma cúpula hemisférica para projeção 360 graus, se assemelhando a um planetário, e será um espaço multiuso para exposições, eventos diversos e palestras.

www.kruchin.arq.br