Bruno Rubiano

Fotos Rui Antunes

Loft 448, projeto modular, com separação dos ambientes através de mobiliário, fechamentos internos em vidro, alvenarias com pintura em lousa, para que em dias de encontros com amigos, seus filhos possam brincar. Na fachada, uma ampla porta de correr tem a função de ampliar a sala com a varanda externa, com a sensação de estar na área urbana. A cozinha integrada ao gourmet, através de uma porta pantográfica, foi desenvolvida como centro do projeto. A ideia era ampliar a casa em dias de festas. Os móveis se deslocam e liberam a parte sob a bancada, facilitando o uso de banquetas e aproximando as pessoas. Toda a parte de salas foram pensadas nesta modulação envolvendo a garagem e o gourmet, para que em dias de festa possam acomodar mais pessoas. Bancadas e concreto armado reduziram o investimento. Esta residência é o refúgio do próprio arquiteto e ele brinca dizendo: “É a oficina dos sonhos. A residência me traz inspirações. Aqui, crio meus objetos e me inspiro em meus projetos”.


Caramelo Arquitetos Associados

Fotos Tarso Figueira

A casa foi intitulada ‘ecológica’ por possuir uma arquitetura totalmente integrada ao meio ambiente, pois foi concebida respeitando a vegetação nativa e a topografia do terreno. Na implantação, tivemos o cuidado de salvaguardar a área de vegetação. Assim, os moradores podem desfrutar de uma convivência harmoniosa com a natureza sem perder a beleza da vista para a mata e o conforto da tecnologia. Pilares que sustentam a edificação, espaços vazados e desvios determinantes foram pensados para contornar as frondosas árvores e vencer o acentuado declive do terreno, já que a casa foi construída no nível da copa das árvores.


Cássio Pinto

Fotos Rui Antunes

Ousadia e sofisticação marcam esse projeto de residência criado pelo arquiteto Cássio Pinto. Aproveitando seu estilo eclético, o objetivo, nesse terreno de esquina e com desnível acentuado, era, através de um projeto moderno, aproveitar toda a vista que esse desnível proporcionava com imensos terraços e lajes em balanço nos 2 pavimentos. Com uma mescla de elementos modernos e a rusticidade da madeira de demolição, usando cores fortes em contraponto com o mosaico português negro na fachada, além de belíssimos elementos esculturais, como a escada e a piscina, de traços sinuosos.

Agradecimentos: Aquabase Piscinas, Piastrelle Acabamentos, Alus Aluminium, Nacional Madereira e Ana Boso Paisagismo.


Daniel Z

Fotos Daniel Z

Projeto de uma casa em condomínio residencial, na Zona Norte de São Paulo, desenvolvido para um casal recém-casado na época, hoje com dois filhos pequenos. O detalhe que eu considero mais interessante e que determinou toda a implantação foi o fato de existirem, entre outras árvores, duas araucárias no meio do lote, que são intocáveis e, assim como as outras, estavam catalogadas. Com isso, tivemos que implantar a casa de modo a não interferir nas árvores, e isso gerou volumes bem interessantes no projeto, um deles forma uma curva que ‘abraça’ as araucárias. Como o lote possui um aclive relativamente acentuado, criamos um deck que prolonga o espaço externo ao redor da casa e da piscina e também envolve as já referidas árvores. Esse projeto foi concebido em conjunto com o Arq. Alexandre Souza, que, de certa forma, foi quem me impulsionou nessa carreira, me convidando para participar da criação e posterior desenvolvimento deste e de outros projetos no mesmo residencial.


Davi Murari & Cristiane Sfeir

Fotos Rui Antunes

Nessa reforma, transformamos uma antiga casa de campo em um espaço arrojado e contemporâneo para atender os anseios da jovem moradora. Integrar os ambientes foi um dos objetivos deste projeto. Os pequenos espaços precisavam ser ampliados para dar maior amplitude ao imóvel e conforto à cliente. A cor branca predomina na casa e a jovialidade vem das peças de decoração coloridas. A sala, que antes possuía uma antiga lareira de tijolos à vista, ganhou novos ares com uma moderna lareira de dry wall. Na suíte foram retiradas as paredes que dividiam o ambiente e acrescentada uma banheira vitoriana. A escada foi colocada para utilização do sótão como closet, para acomodar maior quantidade de roupas e acessórios.